ecommerce, Marketing, Mercado, Moda, Novidades /

#GirlBoss – quando tudo começa com uma venda online

A série mais comentada do momento, Girl Boss conta a história de Sophia Amoruso, a criadora de Nasty Gal, uma das maiores marcas de moda online nos últimos anos.

Você provavelmente já leu, viu ou compartilhou esta série que é a grande novidade do momento. A primeira temporada foi lançada semana passada e já rendeu diversos posts, críticas e, claro, muita audiência.

Tudo começou em 2006, na cidade de San Francisco, EUA. Sophia Amorusio, uma jovem de 23 anos, que, como muitas outras no mundo inteiro, procurava um rumo na vida. Pulando de emprego em emprego, com dificuldades para pagar seu aluguel e sem muita disciplina em controlar seus gastos, ela, em pouco tempo, construiu um dos grandes impérios de estilo e e-commerce, inspirando pessoas e negócios no mundo inteiro.

Uma oportunidade apareceu, quase que por acaso, em que ela uniu sua paixão por peças de roupa vintage e o mundo de vendas online em sites como Ebay, que, há 10 anos atrás, já estava em plena ascensão. Foi aí que, dentre vários contratempos e em menos de 1 década, a marca Nasty Gal firmou seu nome no mercado e chegou a configurar como uma das mais promissoras no mundo do varejo de moda online.

A marca de Sophia, na vida real, inovou em seu modelo de negócios em diversas particularidades. O uso de anúncios, tanto on e off-line, traziam uma mensagem de moda imediatista e cool, além de claro, não vender apenas uma peça, mas em vender um look com um conceito, levando em conta sempre a originalidade e a criatividade.

Toda esta trajetória de Sophia foi contada de uma forma bastante humorada e inteligente no livro #Girlboss, lançado em 2014. O sucesso da publicação foi tanto que deu origem à, que foi recebido com muita expectativa por fashionistas do mundo inteiro.

Confira o trailer da série:


ecommerce, Mercado, Tecnologia /
Saiba quais são as inovações que estão norteando o varejo eletrônico!

O ano de 2017 pode não ter sido dos melhores para a economia nacional. Porém, para o e-commerce o cenário não foi tão caótico. Mesmo com a crise, o setor movimentou R$…

Veja mais
Mercado, Novidades, Tecnologia /
O que esperar para o futuro dos chatbots?

Não há como falar em tecnologia para e-commerce sem abordar os chatbots, que figuraram como forte tendência em 2017 e seguirão na mesma toada nos próximos anos. Não à toa….

Veja mais
Mercado, Novidades, Tecnologia /
Wearables: a união entre moda e tecnologia

Muito além dos smartwatches, os wearables devem invadir nossas vidas em um futuro próximo e tornar nossas vidas ainda mais conectadas.

Veja mais